Passeio San Miguel – Modelo de Negócio que virou sucesso em Balneário Camboriú

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Hoje, com mais de 7 anos de existência, o Passeio San Miguel é o local mais lembrado da Avenida Brasil da Barra Sul de Balneário Camboriú. Quem passa nas proximidades da Rua 3300 e nota a disputa pelas mesas na alameda gastronômica, não imagina que o sucesso é originário de uma aposta contrária a maré da época de sua criação.

A equipe da Imobille Negócios desvendou um pouco mais da história deste local, que não só reúne opções distintas em gastronomia, mas que também se configura como um pólo produtor de cultura dos moradores da cidade.

Segundo o empresário Otávio Medeiros Schuchmann, sócio da Construtora Sulina e um dos idealizadores do projeto, tudo começou através de um momento de análise de mercado. Com mais de 20 anos de construção, o empresário, junto de seu pai e sócio, entendeu que era o momento de estudar com cautela os próximos passos, principalmente relacionado a um importante terreno da construtora na Avenida Brasil. Resumidamente, o plano diretor da cidade estaria indiretamente orientando a produção de um produto específico: apartamentos de 3 ou 4 suítes, fator que segundo ele causaria a longo prazo uma grande oferta do mesmo produto, e correria o risco de levar prejuízo devido a concorrência do mercado.

Otávio explica que “a origem do projeto foram conceitos observados em diferentes lugares do mundo. Em uma viagem ao Chile onde visitou uma espécie de alameda que tinha como proposta unir as pessoas em torno da gastronomia. Também serviu como referência o clássico mercado público espanhol da cidade de Madrid, com nome de San Miguel, que hoje, dadas as proporções, se assemelharia muito com o mercado público de Itajaí, com diversas bancas de venda de produtos frescos.

 

Otávio completa que “o desafio seria adaptar aquela inspiração para a cultura e estrutura de Balneário Camboriú, cidade de menor população e extremamente verticalizada e cosmopolita. A ideia seria desenvolver um espaço gastronômico diversificado de alta qualidade e propício não só para o convívio de pessoas, como também de animais de estimação. Funcionando o ano inteiro em uma cidade com certas sazonalidades.”

Hoje, o Passeio San Miguel trabalha com uma proposta de diversificação de empresas que oferecem produtos, cultura e com o foco em gastronomia. Você poderá encontrar de decoração, arte, roupas, bolsas, mas também, hambúrgueres, filés, sushis, lanches, chopp, drinks e música ao vivo, tudo isso seguindo o alto padrão imposto pela equipe do boulevard.

 

 

O público que frequenta o Passeio San Miguel também comenta, a empresária e cirurgiã dentista, Juliana Vieira Pinto, de 27 anos, nos conta que “mesmo não sendo muito próximo de onde eu moro (centro), vou até lá com muito gosto pois o ambiente é aconchegante e também recebe pets (adoro lugares que aceitam animais), tem estacionamento, tudo isso junto à uma ampla variedade gastronômica, pois uns gostam de sushi, outros pizza, hambúrguer entre outras opções. Com todos esses motivos, fica difícil alguém negar o convite, né ?! (Sorri) 

 

 

O Passeio San Miguel está em 4º lugar nas recomendações dos usuários do Trip Advisor, para o que fazer em Balneário Camboriú, atrás do Parque Interpraias e do Morro do Careca, onde são feitos os tradicionais saltos de parapente. Na mesma categoria seguem outros exemplos como a Igreja Santa Inês (5º), Molhes da Barra Sul (8º) e Praia dos Amores (10ª).

Outra entrevistada Ana Paula Torres, médica, com 25 anos de idade, fala que “é um dos poucos lugares que cativa os clientes desde a criação de cardápios com preços diferenciados para o happy hour (destaque preferencial para a caipira mista do Boteco Yujin) e cardápio para os pets (criado  pelo Campano Burguer espcial para os cachorros).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *