Qual a diferença entre condomínio horizontal e vertical?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Viver em condomínio tem sido uma opção muito buscada hoje em dia por se tratar de uma opção mais segura, com mais privacidade, além de garantir mais qualidade de vida e, dependendo do condomínio, boas opções de lazer. Atualmente, é muito comum encontrar anúncios de imóveis com os dizeres “condomínio vertical com X apartamentos” ou “condomínio horizontal com X casas…”.

No entanto, a referência de horizontal ou vertical causa bastante controvérsia para quem busca adquirir um imóvel, gerando dúvidas entre compradores.

Muitos têm o entendimento de que o condomínio horizontal seria aquele em que as casas são construídas em um mesmo  plano, ou seja, lado a lado e com pouca distância entre uma e outra. Já o vertical é tido como um imóvel de prédios com apartamentos ou salas comerciais que são construídos um acima do outro, também conhecido como condomínio por andares.

No entanto, é preciso entender que esta lógica não deve ser levada ao pé da letra. O termo que representa o tipo de condomínio deve ser designado de acordo com a forma de separação que estes imóveis são feitos.

Ou seja, ser construído na vertical ou na horizontal não define, de fato, o tipo de imóvel do condomínio, mas sim como no exemplo seguinte: se a parede que divide o imóvel é vertical, logo, o condomínio é denominado vertical, porém, se ela for horizontal trata-se de um empreendimento horizontal. O plano em que o imóvel foi construído é o que vale.

Para entender melhor as particularidades de cada um, separamos abaixo as características dos condomínios horizontais e verticais. Confira:

O que é condomínio Horizontal

Ele possui essa nomenclatura, pois representa os condomínios que se expandem para os lados, tornando-se vilas. Este tipo de condomínio, no entanto, acaba por se tornar uma opção cada vez mais restrita, uma vez que para que seu crescimento ocorra, é necessário um terreno bem maior para sua construção. Se formos levar em conta os espaços existentes em grandes centros urbanos, é muito mais fácil pensar que a tendência é que os condomínios cresçam para cima.

Este modelo de moradia é fortemente inspirado nas casas americanas, onde geralmente não há grades e o muro é cada vez mais baixo, exemplo este muito visto em filmes.

 

Leia Também:

O que é condomínio Vertical

Apartamento no Edifício Residencial Arkansas Balneário Camboriú

Designado desta forma por se tratar de um prédio no formato de torre, o condomínio vertical pode ser formado por uma torre única ou mais de uma, as torres irmãs. Este tipo de referência serve como orientação para quem busca vender ou comprar um imóvel na planta, por exemplo.

É importante ressaltar que independente do tipo de condomínio, optar por este tipo de moradia tem se tornado uma tendência, além de ser altamente vantajoso para o morador.

Uma vida mais segura, longe da violência encontrada nos bairros urbanos brasileiros tem atraído cada vez mais adeptos, sem contar na praticidade de viver em um local com diversas opções de entretenimento e com regalias exclusivas.

Não deixe de conferir nossas opções de condomínio fechado, seja vertical ou horizontal e garanta a vida incrível que você e sua família merecem!

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *